Notícias | Postado em 26 de Fevereiro de 2019 as 09:52h | 0

No período de 25 a 28 de fevereiro de 2019, a secretaria municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social desenvolve ações da Campanha do Carnaval frente à Rede Socioassistencial. 

Segundo a Assistente Social, Rafaelli Medeiros (Departamento da Criança e do Adolescente), a Campanha do Carnaval tem como objetivo maior a prevenção das principais violações dos direitos humanos como também das crianças e adolescentes, os quais estão mais expostos durante o período do carnaval e outros grandes eventos, buscando preservar sempre o respeito aos direitos e à proteção social, prevenindo e orientando sobre as principais formas inaceitáveis de trabalho infantil, do abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, a venda de bebidas alcoólicas a crianças e adolescentes, a violência contra as mulheres e grupos LGBT, entres outras violações que são muitas vezes naturalizados pela sociedade. 

A Campanha é idealizada pela Secretaria de Assistência Social e pela Cáritas Diocesana, em parceria com o CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente) e toda a rede de proteção social.

Na segunda-feira (25), houve a divulgação da campanha e abordagem da temática da Violência contra a Mulher, no Programa Gláucia, Suerda e Você, na Rádio Povo FM 87,9. Participaram do programa, Mara Rúbia, Assistente Social do CRAS e Keila Karoline, Assistente Social da Vigilância Socioassistencial.
Na terça-feira (26), a divulgação da campanha ocorreu no programa Panorama 95 com Marcos Dantas, na Rádio Rural 95 FM, a partir das 7h30. Será abordada a temática do Trabalho Infantil com a participação dos Conselheiros Tutelares, Paulo (Keka) e Assis, e Izabel, Assistente Social do CREAS. 

Na quarta-feira (27), no programa Cidade Alerta, com Sidney Silva, que começa às 11 horas, na Rádio Rural AM, haverá abordagem da temática do Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, com a presença dos Conselheiros Tutelares Fábio e Messias, a Assistente Social do CREAS e Patrícia, Assistente Social do setor da Habitação.

Ainda na quarta-feira (27), a campanha vai desenvolver ações nas ruas com abordagem ao comércio: escolas, UBS, hotéis, motéis, restaurantes, bares, sedes de blocos, praças de moto-táxi, pousadas, etc, com a entrega de material, e apresentação da campanha. 

O detalhe é que os CRAS realizarão suas abordagens em seus territórios de atuação (zona norte e zona oeste) e os demais serviços se estenderão suas abordagens entre o centro e a zona leste).

Na quinta-feira (28), a programação consta de blitz nos semáforos das principais zonas da cidade, sensibilizando a população no tocante às violações aos direitos humanos frente ao período do carnaval, abordando motoristas, perdestes e adesivando automóveis e motocicletas.

Os principais pontos são: Zona Norte: em frente à academia, localizada por trás do Cemitério; Zona Oeste: em frente à escola EECCAM; Zona Leste: em frente à farmácia, próximo ao Jerimum do bairro Nova Descoberta; Zona Sul: em frente ao Mercado Público. A ação será realizada no horário das 7h30 às 9h. 

Também será feita uma mobilização social com objetivo de informar a população no tocante às violações aos direitos humanos frente ao período do carnaval, durante o percurso do bloco do Magão em acompanhamento ao bloco do Psifolia, com concentração às 17hs.

print button Imprimir discuss button Comentar
Comentários:

Nenhum comentário cadastrado…