\"\"

Nesta sexta-feira (16) e sábado (17), a Ilha de Sant’Ana vai sediar a Feira da Cidadania, uma realização do Instituto Conhecer Brasil em parceria com o Conselho Nacional do SESI e apoio do Sistema FIERN e prefeitura de Caicó. Aberto ao público em geral, o evento inclui atendimentos médicos, Cozinha Brasil, educação continuada, recreação infantil, torneios esportivos e atividades culturais com a participação de artistas locais e das diversas escolas do Município. 

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Paulo Jorge, destacou que a prefeitura é parceira da Feira de Cidadania e ressaltou que cada secretaria entra com a infraestrutura e todos estão engajados para o êxito total do evento. Amanhã (16) acontece a solenidade de abertura, às 8h45, com a presença de representantes da FIERN e SESI, além do Poder Executivo municipal.

 

 \"\"

Nesta quarta-feira (14), a Escola Municipal Olívia Pereira Rodrigues realizou a culminância do projeto “Lixo: Compromisso de todos na construção da cidadania”. A programação constou de exposição dos trabalhos realizados ao longo do semestre pelos alunos. A diretora da unidade de ensino, Deusa Maria dos Santos, destacou que o projeto foi desenvolvido a partir de um pedido da secretaria municipal de Educação, onde orientou as escolas do Município para desenvolver projetos pedagógicos com o tema lixo.

“Inclusive esse foi o tema do nosso desfile cívico de 07 de setembro. O trabalho foi desenvolvido nos meses de agosto, setembro, outubro e novembro”, disse a diretora.  Ela destacou que o projeto foi trabalhado através de aulas expositivas, filmes, oficinas, seminários, viagens de estudo a ASCAMARCA e ao aterro controlado no município de São José do Seridó. Cada turma ficou com um tema que foi distribuído entre os alunos participantes do projeto.   A exposição teve apresentação de paródias, músicas coreografadas, os trabalhos expostos foram confeccionados pelas crianças junto com os professores e a visitação foi bastante significativa nos dois turnos com uma grande interação dos pais e da comunidade.

\"\"

A secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos realizou um trabalho de terraplanagem na área que compreende o terreno do Distrito Industrial. No local, alguns populares começaram a jogar lixo e, em pouco tempo, foi formado um lixão com uma grande quantidade de metralhas, detritos residenciais e industriais.

A prefeitura de Caicó também vai providenciar a colocação de placas proibindo a comunidade de jogar lixo na área do distrito Industrial. A placa faz alusão à Lei Nº 9605, a chamada Lei de Crimes Ambientais, que dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente.

Segundo o artigo 54, “causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora” pode resultar na pena de reclusão, de um a quatro anos, e multa.

\"\"

O prefeito de Caicó, Marcos José de Araújo, visitou nesta quarta-feira (14) a obra de saneamento básico realizada no bairro Boa Passagem, Zona Norte da cidade.

“O Município promoveu a substituição de 70 metros na rede de esgoto na avenida Ruy Mariz. Essa obra era aguardada há dez anos pela população local”, disse o prefeito. O mesmo serviço foi realizado na rua Martinho Elpídio, no bairro Penedo.  

Anéis viários

A secretaria de Infraestrutura também iniciou um novo trabalho nos anéis viários da cidade. A ação começou pelo bairro Samanaú, onde será feita a limpeza geral, além da pintura do meio fio. Esse serviço será levado para outros setores da cidade, o que facilitará a visibilidade dos motoristas, além de melhorar o aspecto visual das comunidades.

\"\"

O prefeito de Caicó, Marcos José de Araújo, visitou nesta terça-feira (13) a Escola Multicampi de Ciências Médicas, da UFRN, que atualmente funciona no prédio do Hospital Oncológico do Seridó. Ele estava acompanhado do secretário municipal de Saúde, Edvaldo Dantas de Lucena, e do procurador do Município, Sérgio Magalhães.

“Em conversa com o diretor do curso de Medicina, professor George Dantas, nós ratificamos nosso apoio enquanto Município. Vamos promover as melhorias nas Unidades Básicas de saúde para que, em 2020, 80 alunos, e não apenas 40, possam cursar medicina. Pretendemos apoiar também a ampliação para a área de psicologia e fisioterapia”, disse o prefeito.

 

\"\"

O prefeito de Caicó, Marcos José de Araújo, autorizou a secretaria municipal de Infraestrutura e Serviços Urbanos a realizar uma limpeza na galeria ao lado da igreja de Santa Marta de Betânia. O templo religioso fica localizado no bairro Penedo.

“Havia uma cobrança dos moradores e, claro, nós atendemos por entender que o saneamento ajuda também a melhorar a qualidade de vida. Não podemos mais adiar a discussão que possa proporcionar a correção desse transtorno para os cidadãos daquele setor”, disse o prefeito.

 

\"\"

Nesta segunda-feira (12), os secretários da prefeitura de Caicó participaram de uma reunião, no auditório do Centro Administrativo, com representantes do Instituto Conhecer Brasil e do SESI. Ficou definido que nos dias 16 e 17 de novembro a Ilha de Sant’Ana vai sediar a Feira da Cidadania, uma realização do Instituto Conhecer Brasil em parceria com o Conselho Nacional do SESI e apoio do Sistema FIERN e prefeitura.

O evento inclui atendimentos médicos, Cozinha Brasil, educação continuada, recreação infantil, torneios esportivos e atividades culturais com a participação de artistas locais e das diversas escolas do Município. Na sexta-feira (16), às 21 horas, o show cultural terá como atração, o cantor Loz Kuatros. No sábado (17), às 21 horas, haverá a apresentação da cantora Amanda Carolina.

Voltado para a população de baixa renda no Rio Grande do Norte, o projeto contemplou os municípios de São Miguel do Gostoso, João Câmara Acari e Caicó.  Ações como a Feira da Cidadania são importantes não apenas pelos serviços sociais que fornecem, mas também para fortalecer os costumes e a cultura de uma região. Nesta terça-feira (13), pela manhã, haverá uma entrevista coletiva com os secretários municipais, para detalhar como será a participação do Município de Caicó na Feira da Cidadania.

 

\"\"

O prefeito de Caicó, Marcos José de Araújo, em parceria com a secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos, promoveu um café a manhã com os garis do Município.

“Discutimos assuntos relacionados à categoria, tendo em vista o seu papel fundamental na limpeza pública. Precisamos valorizar a força de vontade desses profissionais de trabalhar em prol da sociedade”, disse o prefeito nesta sexta-feira (09).

 

\"\"

O Setor Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes informa o calendário de matrículas antecipadas da Rede Municipal de Ensino para o ano letivo 2019. Para a matrícula no ano letivo 2019, são necessárias cópias de certidão de nascimento ou casamento e comprovante de residência, cartão de vacina e do SUS, além de três fotos 3x4.

Os alunos inscritos em programas sociais do Governo Federal necessitam, ainda, apresentar o número de identificação social (NIS). E para os que já frequentaram a escola, é preciso portar o número de identificação única (ID). Para a matrícula de estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação é preciso comprovar o diagnóstico clínico. E os novatos, devem apresentar declaração da escola de origem.

A secretária municipal de Educação, Lúcia Gregório, destaca que as matrículas se estendem durante o ano letivo, conforme o número de vagas existentes. CLIQUE AQUI para acessar o calendário completo.

\"\"

O prefeito de Caicó, Marcos José de Araújo, acompanhou o trabalho da secretaria municipal de Meio Ambiente, que esteve fazendo Limpeza em diversos setores com acúmulo indevido de lixo. “O objetivo foi de tentar amenizar o problema, colocando placas de proibição em bairros como Castelo Branco, Nova Caicó, Vila do Príncipe e Vila Carlindo Dantas (Recanto do Preá)”, explicou Marcos.

A placa faz alusão à Lei Nº 9605, a chamada Lei de Crimes Ambientais, que dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente. Segundo o artigo 54, “causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora” pode resultar na pena de reclusão, de um a quatro anos, e multa.